SHINE avaliou plataforma educacional com cidadãos

O sistema de saúde na Europa tem sido rapidamente tornado digital, mas nem todos os seus utilizadores possuem literacia digital, em saúde ou de dados necessárias para acompanhar esta mudança. O projeto TRIO, do qual a SHINE 2Europe é parceira, tem vindo a desenvolver várias ferramentas para ajudar os cidadãos a melhorarem estas 3 competências, para que o sistema de saúde seja acessível a todos.

O TRIO, financiado pelo programa Erasmus+ da Comissão Europeia, tem vindo a desenvolver um manual, um Livro Verde que será entregue a decisores políticos e a iniciativas europeias relevantes e um kit completo de ferramentas para educadores de adultos, apoiado por uma plataforma de aprendizagem digital.

Foi essa plataforma que foi avaliada por cidadãos de várias idades, em dois workshops promovidos pela SHINE 2Europe, no dia 4 de junho. Reuniram-se 8 participantes dos 26 aos 70 anos, com diferentes habilitações literárias, divididos em dois grupos. O primeiro grupo foi composto de pessoas em idade laboral e com mais literacia digital e o segundo com pessoas mais velhas, com menor literacia digital e que precisariam de mais apoio do facilitador da sessão.

Os resultados foram consensuais: os participantes referiram que poderiam aprender hábitos mais saudáveis e ideias para melhorar o seu estilo de vida através desta plataforma. Consideraram que os temas apresentados na plataforma são úteis para pessoas de qualquer idade, ainda que por vezes seja difícil que as pessoas mais velhas consigam adquirir competências digitais que lhes permitam de forma autónoma colocar o que aprendem em prática, muitas vezes por falta de recursos como tablets, telemóveis com sistema android ou até mesmo internet. Alguns destes exemplos são as teleconsultas ou a aquisição de produtos de saúde online. Os participantes mais velhos aprenderam que existem essas possibilidades, mas nem sempre conseguem de forma autónoma realizar estas ações, apesar de considerarem “que nunca é tarde para aprender”.

Todos os avaliadores da plataforma consideraram bastante importante o alerta para as notícias falsas que se podem encontrar diariamente na internet e o estilo de escrita sensacionalista que deixa as pessoas menos informadas para situações falsas. Esta é também uma situação que os participantes consideram que deve ser prevenida em todas as faixas etárias, mostrando-lhes de que forma podem pesquisar informação fidedigna e em que sites ou aplicações procurarem informação verdadeira sobre a sua saúde.

Por fim, os participantes consideram que uma plataforma de jogo é sempre uma forma fácil de aprender, mas que o manual desenvolvido pelo projeto TRIO é também uma forma fácil de fazer a informação chegar às pessoas mais velhas.